1. Workshop de Edição, por Valentín Javier Diment

    PARTE 1
    • Como pensar na montagem desde o instante zero, desde a concepção do roteiro, da estética e da produção.
    • Ideias de fluxo de trabalho em função das realidades econômicas da filmagem.
    • Trabalhando no roteiro técnico e no storyboard.
    • A montagem durante a filmagem: na verdade, o diretor está editando o tempo todo.
    • As decisões narrativas que conduzem a montagem.
    • Montagem narrativa e montagem intuitiva.
    • A montagem e a iluminação.
    • A montagem e a direção de atores.
    • O som também é montagem.
    • A arte e a edição.
    • Efeitos especiais e montagem.
    • A continuidade.


    PARTE 2

    • A pós-produção.
    • Os tempos internos.
    • Montagem cinematográfica, televisiva e de videoclipes.
    • Edição e montagem: a narração visual.
    • O esquema em atos.
    • A montagem como processo de reescritura.
    • O primeiro corte e a inevitável depressão.
    • A direção e o cuidado com as atuações na edição.
    • A seleção de planos.
    • Ferramentas dramáticas e narrativas que a montagem pode oferecer.
    • Os efeitos nas diversas instâncias desde a pré-produção até à pós-produção, em função da montagem.
    • Pós-produção de som.
    • 3D, efeitos digitais e correção de cor.

    Serão utilizados exemplos visuais dos filmes do próprio ministrante, intercalados com fragmentos de grandes clássicos do cinema de gênero mundial, assinados por Sergio Leone, Sam Raimi, Johnnie To, John Carpenter, entre outros.

    Sobre o Ministrante
    Valentín Javier Diment trabalha profissionalmente com meios audiovisuais desde que começou a filmar casamentos e aniversários de 15 anos, há 30 anos. Posteriormente, trabalhou na televisão e gradualmente começou a se dedicar principalmente à sua carreira cinematográfica. Trabalhou como editor e roteirista. Na televisão, dirigiu “Beinase, el sentido del miedo”; “El propietario” e muitos documentários. No cinema, fez os documentários “Parapolicial Negro” e “El sistema Gorevisión”. Trabalhou como roteirista e diretor de segunda unidade de “Adiós querida Luna” e “Aballay”, de Fernando Spiner (este último, indicação da Argentina para o Oscar 2012). Dirigiu “A Memória do Morto”, longa-metragem de 2013, e “O Elo Podre”, de 2015, vencedor do prêmio do público do Festival de Sitges e de Melhor Filme no Festival de Godellia. “O Elo Podre” está percorrendo o circuito dos festivais e sendo exibido em competição Ibero-Americana no Fantaspoa 2016.

    Local: Santander Cultural
    Datas: 22/05 (Domingo), das 13h às 19h.
    Inscrições gratuitas até 12/05 pelo e-mail cinema@pranafilmes.com.br.

  2. Filmes

    1. A Queda da Casa de Usher
    2. Sete Notas Fatais
    3. Os Parecidos
    4. Angústia Alemã
    5. A Hora Mágica
    6. Baskin
    7. Assassination Classroom
    8. O Pesadelo
    9. Road Duster
    10. Francesca
    11. Mostra Competitiva de Curtas Internacionais II
    12. O Sangue do Galo
    13. Clarisse ou Alguma Coisa Sobre Nós Dois
    14. Follow

Buscar no site

Procure filmes e notícias em nosso site!

Newsletter

Preencha com seu e-mail o campo abaixo e receba novidades, informações e promoções relacionadas ao Fantaspoa e seus parceiros.

Informações

Os ingressos para o Fantaspoa possuem um preço de R$ 10,00 (dez reais). Os ingressos são vendidos nas bilheterias dos cinemas das sessões correspondentes.

Chegue cedo para garantir o seu ingresso.

  Atualizar Código