Apresenta

XI Festival Internacional de Cinema Fantástico de Porto Alegre 2015

  1. História

    No ano de 2005, surgiu a ideia de promover um festival na cidade de Porto Alegre dedicado ao gênero fantástico (ficção científica, fantasia e horror). Este tipo de evento, até então era inédito no Brasil.

    O grupo apresentou o projeto para duas instituições responsáveis por salas de cinema de Porto Alegre, que aceitaram realizar o festival em conjunto com o Clube de Cinema de Porto Alegre. O evento, naquela época, foi denominado "I Festival de Cinema Fantástico de Porto Alegre".

    A cada ano, o evento cresce em importância e aumenta o interesse do público espectador em torno de sua programação dinâmica, atraindo uma grande atenção da mídia e provocando inserções em diversos veículos de comunicação, tais como jornais, revistas, rádio, tv e internet.

    No primeiro ano, foram exibidos 15 filmes, em 6 dias, para um público de 800 espectadores. Em 2006, houve a incorporação da terceira sala de cinema e a realização de uma mostra competitiva de curtas e cursos. Nessa edição, foi feita uma homenagem especial ao mestre brasileiro, José Mojica Marins, o conhecido Zé do Caixão, com a apresentação de uma retrospectiva da obra do cineasta, tendo contado com a presença da filha do diretor – Liz Vamp –, que recebeu a homenagem representando o diretor, que trabalhava no seu mais novo filme, “Encarnação do Demônio”. Foram exibidos 20 longas e 12 curtas ao longo de 6 dias. O público foi de 1.500 espectadores.

    No ano de 2007, o Festival passou a ter um nome mais atrativo: FANTASPOA. Realizamos a primeira mostra competitiva internacional de curtas de cinema fantástico no Brasil. A edição recebeu filmes de mais de 30 diferentes países. Foram exibidos 30 longas e 22 curtas em 10 dias nas três salas de cinema. O público foi de 2.800 espectadores, muitos vindos do interior do Rio Grande do Sul e de outros estados, organizados em caravanas.

    Em 2008, cresceu a dedicação dos organizadores e foi realizada em Porto Alegre a maior mostra competitiva de longas-metragens de um festival de gênero da América Latina. 42 filmes foram exibidos em competição. Um total de 300 filmes, entre longas e curtas ocuparam 6 salas de cinema da Capital ao longo de 15 dias.

    É válido ressaltar, ainda, que o FANTASPOA esteve presente, durante o ano de 2008, em outros festivais. A seleção Fantaspoa 2006/2007 foi exibida no ano de 2008 em quatro outros festivais: no Riofan (Rio de Janeiro), no Rojo Sangre (Argentina), no Macabro (México) e no Mise-en-Scene’s Short Film Festival (Coréia do Sul). Além de ter efetuado a captação de filmes em diversos países, através de seus representantes, em festivais de grande porte na Europa, como o 30º Festival Internacional de Curtas de Clermont-Ferrand, na França, o Fantasporto, em Portugal, e o Amsterdam Fantastic Film Festival, na Holanda.

    Em 2009, foram exibidos 200 filmes, sendo metade desses longa-metragens de diversos países, definindo o Fantaspoa como um dos principais festivais de gênero da América Latina. Recebemos a presença de dois diretores argentinos, Hernán Findling e Gustavo Mendoza e do cultuado diretor neo-zelandês, David Blyth. Ocorreu no festival um curso teórico ministrado pelo especialista Carlos Primati e cursos práticos, envolvendo as etapas de Roteiro (ministrado por Fernando Mantelli) e Produção e Direção (ministrado em dupla por Blyth e Findling), que resultaram na realização de três diferentes curtas.

    Em 2010, foram exibidos mais de 150 filmes, curtas e longas-metragens. Nesse ano, o diretor homenageado foi o italiano Luigi Cozzi, e o festival teve mais de sete convidados. Também, foram realizados cursos teóricos sobre o horror nacional e sobre ficção-científica.

    2011 foi o ano que marcou a primeira edição em que o festival recebeu patrocínio institucional robusto. Foi possível, então, a vinda de mais de 17 convidados e a realização de uma homenagem à carreira do diretor italiano Lamberto Bava. Tendo a programação repleta de filmes que fizeram boas carreiras em festivais de cinema do mundo, o Fantaspoa também apresentou a première mundial de Família Nuclear, de Kyle Rankin. Dessa forma, o evento se estruturou de uma forma próxima à ideal.

    Em 2012 e 2013, o Fantaspoa continuou a sua estrutura de programação, porém teve mais atividades paralelas, mantendo sempre o foco na curadoria programação e na promoção de uma maior aproximação do público com os realizadores, mediante o convite de representantes dos filmes programados para participarem do evento. Nesses dois anos, o Fantaspoa teve 100 convidados de todo o mundo, tornando-se um festival fantástico de referência no mundo. Em 2013, também ocorreu a primeira mostra itinerante do Fantaspoa, com a Mostra Fantaspoa no Rio, realizada no CCBB-RJ, com a presença de Luigi Cozzi, Ruggero Deodato e Claudio Simonetti.

    2014 marca um ano especial para o festival: é o seu décimo ano, e é o ano em que apresentará o primeiro filme produzido pela Fantaspoa Produções – Jorge e Alberto Contra os Demônios Neoliberais. Serão mais de 50 convidados durante os 17 dias de festival, e mais de 150 filmes programados. Dessa forma, o Fantaspoa se consolida cada vez mais no calendário de eventos culturais do país e de festivais de cinema de gênero do mundo. A décima edição do Fantaspoa é uma apresentação da Petrobras e do Ministério da Cultura.

  2. Filmes

    1. Últimos Sobreviventes, Os
    2. Bros Before Hos
    3. Goodnight Mommy
    4. Deathgasm
    5. Tejen
    6. Curtas Nacionais II
    7. Natureza Morta
    8. Ninja Torakage
    9. New Kids Turbo
    10. Amuleto, O
    11. Scherzo Diabolico
    12. Ainda Estamos Aqui
    13. Turbo Kid
    14. Canal, O

Buscar no site

Procure filmes e notícias em nosso site!

Newsletter

Preencha com seu e-mail o campo abaixo e receba novidades, informações e promoções relacionadas ao Fantaspoa e seus parceiros.

Informações

Os ingressos para o Fantaspoa possuem um preço único de R$ 8,00 (oito reais). Os ingressos para o Cine Santander Cultural podem ser comprados antecipadamente em suas bilheterias no dia da sessão. A sala Cine Bancários começa a vender os ingressos 30 minutos antes das exibições. Chegue cedo para garantir o seu ingresso.

Chegue cedo para garantir o seu ingresso.

  Atualizar Código