Festival Internacional de Cinema Fantástico de Porto Alegre
     
Atividades Paralelas | História do Cinema de Horro»
Workshop
História do cinema de horror

As histórias de horror vêm tirando o sono de muita gente há cerca de dois séculos e meio, desde os primórdios do gênero, surgido com a gênese da literatura gótica inglesa, até a recente safra de filmes assustadores que inundam cinemas, videolocadoras, televisão e internet. Essas obras têm em comum a capacidade de provocar as reações mais extremas, tornando o horror um gênero polêmico, ao mesmo tempo em que é o que mais cresceu ao longo do tempo. Se há aqueles que não hesitam em dizer o quanto detestam livros e filmes de terror, há também legiões de aficionados pelo gênero. E não se trata apenas de espectadores em busca de alguns sustos e nenhuma complexidade; muito pelo contrário: o horror, a ficção sobrenatural e o fantástico têm sido objetos de análises e pesquisas de diversos acadêmicos, inclusive no Brasil, ao mesmo tempo em que festivais temáticos e publicações dedicadas ao assunto tentam acompanhar a quase que inacreditável proliferação de realizações no gênero, vindas rigorosamente de toda parte do mundo.

Não é exagero afirmar que nenhum gênero atualmente é tão popular quanto o horror, que desdobra-se nos mais variados estilos: há o horror de aventura, o horror cômico, o horror dramático; exemplares existem desde os mais inofensivos até os mais perturbadores. Há tanto o horror satânico quanto o horror cristão, o que mostra que não há barreiras para se contar uma história assustadora. Diante do incontestável apelo do tema às mais diferentes platéias, a questão que sempre se levanta é por que alguém se sujeitaria a sentir medo voluntariamente; mais ainda, como alguém é capaz de extrair prazer em tal experiência?

Esta é apenas uma das questões abordadas no curso A História do Cinema de Horror, ministrado durante o V Fantaspoa pelo jornalista Carlos Primati, pesquisador que se dedica a estudar o tema há mais de quinze anos. O medo é o mais primário de todos os sentimentos; justamente por isso, é também o de linguagem mais universal: exige-se pouco – quase nada – de tradução e adaptação para que uma cena de susto funcione para diferentes platéias (o que também explica o imenso sucesso no Ocidente de filmes vindos de países como Tailândia, Coréia, Japão etc.). O aspecto universal do filme de horror é outro dos temas abordados no curso, que comentará obras realizadas nos mais diferentes países, incluindo França, Espanha, Itália, Alemanha, Turquia, Japão, Austrália, Nova Zelândia, Argentina, Brasil, Chile, Colômbia e muitos outros, além da rica filmografia de Estados Unidos e Inglaterra.

Saiba Mais »
Sessões Comentadas  
Workshop de roteiro, direção e produção
No primeiro final de semana (04 e 05 de julho), os alunos irão assistir a um workshop de roteiro ministrado por Fernando Mantelli (mais informações sobre o ministrante e o workshop logo abaixo), com duração de 06 horas. Os interessados devem enviar o curta de um roteiro até a noite de 07 de julho.
No segundo final de semana (11 e 12 de julho), os alunos irão assistir a um workshop de produção e direção SOMENTE no dia 11 de julho, com 06 horas de duração, com o diretor e produtor Argentino Hernán Findling e com o diretor e produtor neo-zelândes David Blyth (mais informações sobre os ministrantes e o workshop logo abaixo).
No dia 12 de julho, a turma será dividida em dois grupos e cada grupo irá filmar um curta metragem. Esse material será editado por dois profissionais e os curtas resultantes serão apresentados no final do festival.
O investimento total do worshop, envolvendo os dois finais de semana é de R$200,00 (duzentos reais).
Saiba Mais »
Noites Transfiguradas
Sala P. F. Gastal
11/07/2009 às 21:00
Sessão comentada pelo diretor dos filmes: David Blyth.
A Descendência
CineBancários
11/07/2009 às 19:00
Premiére Mundial
Patógeno
Sala Norberto Lubisco - CCMQ
17/07/2009 às 19:00
Sessão comentadas pelos especialistas: Carlos Thomaz Alborzonos, Cristian Verardi e Felipe Guerra
Saiba Mais »
 
 
 
Filmes de A-Z
Selecione por sala
Sala PF Gastal Santander Cultural
Norberto Lubisco Cine Bancários
Enviar Email
Produzido por PortoCultura.com.br